Aguarde, carregando o sistema...

v4eveev

Acesse sua área restrita!

Username*

Password*

Logar


* Estamos comprometidos em resguardar suas informações.

Fale com a nossa área comercial agora!

Nossa equipe entrará em contato em breve.

Nome*

E-mail*

Telefone ou Celular*

Assunto*

Mensagem*


* Estamos comprometidos em resguardar suas informações.

Fechar Menu

Alguma Dúvida?

Telefone

(92) 3877-0351

Acesso Restrito

ÁREA RESTRITA

(92) 3877-0351

Facebook Instagram Twitter Youtube Ingles Espanhol Brasil

Nossas novidades


ECONOMIA | Nota de R$ 200 será lançada na próxima quarta-feira

28/08/2020


O Banco Central informou ao Supremo Tribunal Federal (STF), que a criação da nota de R$ 200 “não tem nenhum potencial de fragilizar a prevenção ou o combate à criminalidade ou facilitar a lavagem de dinheiro”.

Além disso, informou que esta foi a alternativa mais eficiente numa situação emergencial. Na manifestação à Corte, o órgão também informou a data de lançamento da nova nota: 2 de setembro, próxima quarta-feira.

Segundo o BC, a criação da nota faz parte de um “ato administrativo realizado para atender de forma célere ao inesperado aumento da demanda social por numerário em meio às medidas para mitigar os efeitos econômicos causados pela emergência de saúde pública de importância internacional relacionada ao coronavírus (Covid-19)”.

“Foi uma decisão administrativa que representa a melhor opção possível ante às restrições de natureza física e jurídica para dar resposta tempestiva a uma necessidade social premente. Inviabilidade técnico-financeira da adoção de alternativas para a expansão do numerário nos quantitativos necessários”, disse o BC.

 

Pedido de esclarecimento

No último dia 25, a ministra Carmen Lúcia, determinou que o Banco Central se manifestasse que o presidente do BC (Banco Central) prestasse informações sobre o lançamento da nota de R$ 200.

O pedido é referente à ação proposta pelos partidos Rede, PSB e Podemos, contrários à cédula, na Corte máxima brasileira. As siglas sustentam que não foram apresentadas justificativas suficientes, nem estudos de impacto pelo BC, que justifiquem o lançamento da nota.

Segundo o BC, a concessão da medida liminar pleiteada neste caso acarretaria um sério prejuízo para a execução dos serviços de meio circulante a cargo do Banco Central e para a própria sociedade em si, que vem apresentando demanda crescente por dinheiro em espécie.

"A casa da Moeda do Brasil (CMB) já entregou ao Banco Central 7,2 milhões de cédulas de duzentos reais."

“Até o dia 2 de setembro de 2020, data do lançamento oficial da nova nota, a previsão é de que esse número chegue a 20 milhões de cédulas. O custo das cédulas de duzentos reais é de R$ 325/milheiro. Esse primeiro lote de 20 milhões de cédulas de duzentos reais custou R$ 6,5 milhões”, disse o BC.

O Banco Central afirmou ainda tem um contrato assinado com a CMB no valor de cerca de R$ 146 milhões para aquisição de 450 milhões de cédulas de duzentos reais para o exercício de 2020.

“Além disso, a CMB já adquiriu parcela significativa dos insumos. Porém, a mais grave consequência que a suspensão do lançamento da nova cédula teria seria, como demonstrado ao longo deste parecer, a de colocar em risco o atendimento das necessidades de numerário para garantir o funcionamento adequado da economia e do sistema financeiro nacional, ante a falta de alternativas viáveis, como demonstrado ao longo deste parecer. O impacto de eventual inadequação do volume de dinheiro em circulação seria majoritariamente sentido pelas pessoas mais pobres do País, dependentes de programas públicos de transferência de renda para manter a própria subsistência e a de suas famílias”, informou.

 

Fonte: Portal Contábeis



CATEGORIAS

ARTIGOS CARREIRA CONTÁBIL ECONOMIA EMPRESARIAL SOCIETÁRIO TRABALHISTA TRIBUTÁRIO

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

CONTÁBIL | Empresas inativas e sem movimento ainda possuem obrigações, saiba quais são EMPRESARIAL | Setores mais afetados pelos impactos da pandemia TRIBUTÁRIO | IRPF: Receita abre consulta ao quinto lote de restituição TRIBUTÁRIO | Simples Nacional: Tributos federais prorrogados começam a vencer em outubro CONTÁBIL | Conheças as principais diferenças de um profissional liberal e autônomo CONTÁBIL | Contadores são essenciais para a sociedade CONTÁBIL | Contabilidade: Saiba quais são os passivos de uma empresa e como funcionam EMPRESARIAL | 7 vantagens e desvantagens do Microempreendedor Individual CONTÁBIL | Objetivo e funções de um escritório de contabilidade TRABALHISTA | CLT 2020: Conheça as principais mudanças nas leis trabalhistas esse ano TRABALHISTA | Departamento Pessoal: Veja lista com as 8 principais rotinas dessa área TRIBUTÁRIO | Comunicado Sobre Malha Fiscal Pessoa Jurídica: Falta de Escrituração de Receitas no SPED CONTÁBIL | Saiba quais são as obrigações contábeis das Empresas inativas TRABALHISTA | CLT: Entenda as limitações legais do banco de horas CONTÁBIL | Conheça alguns livros contábeis que são obrigatórios para as empresas

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Assine e receba nossas notícias em seu e-mail

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS




MILLENIUM CONTABILIDADE

A Millennium Contabilidade vem até você para mudar seu conceito de contabilidade com agilidade, eficiência, segurança e acima de tudo com uma visão moderna dos serviços. A contabilidade é instrumento básico no gerenciamento da empresa. Você já tem esse instrumento? A Millennium Contabilidade pode te ajudar!

INFORMAÇÕES

Avenida: Joaquim Nabuco, 1626 – Centro/ Salas 204 à 206

Manaus, Amazonas / Cep: 69.020-031

Telefones: (92) 3877-0351

Email: comercial@millennium.cnt.br



© Todos os direitos reservado à Millennium Contabilidade 2020.

Selo ssl

Millennium Contabilidade Millennium Contabilidade MILLENNIUM CONTABILIDADE, Departamento Contábil, Fiscal, Societário, RH/DP e Serviços Especializados em Mapeamento de Operações e Revisão Fiscal, Classificação Fiscal de Mercadorias, Planejamento Tributário Revisão Fiscal, Tributos, Assessoria e Consultoria. +55 92 3877-0351 millennium@millennium.cnt.br

Av. Joaquim Nabuco, 1626 - Sala 204 a 206 - Centro 69020-031 Manaus Amazonas Brazil